Incentivo a abate de carros volta a estar em cima da mesa

quinta, 10 julho 2014 18:27

Os peritos que desenvolveram a proposta da reforma da fiscalidade verde sugerem ao Executivo de Passos Coelho a reintrodução do incentivo ao abate e carros em fim de vida, conta o Jornal de Negócios.

Os peritos que desenvolveram a proposta da reforma da fiscalidade verde sugerem ao Executivo de Passos Coelho a reintrodução do incentivo ao abate e carros em fim de vida, conta o Jornal de Negócios.
Os especialistas alertam para o facto de “a idade média das viaturas ligeiras de passageiros em circulação em Portugal ronda os 12 anos”, uma situação que tem um “efeito direto negativo” ao nível das emissões de dióxido de carbono.
O incentivo ao abate e carros velhos vigorou entre 2000 e 2010 e a proposta agora em cima da mesa prevê que o incentivo seja retomado. A acontecer, prevê-se também uma renovação do parque automóvel nacional, com impacto económico positivo na indústria automóvel.
A ideia passa por retomar o incentivo, até dezembro de 2015, algo que implicaria dos cofres do Estado um investimento na ordem dos três milhões de euros ao ano, adianta ainda o Jornal de Negócios.
Também em cima da mesa está a possibilidade de incentivo à partilha de carros e ao uso de bicicleta como meio de transporte. Neste caso o incentivo funcionaria para as empresas que facultem equipamentos aos seus funcionários. O custo deste tipo de equipamentos poderia ser abatido no IRC ou IRS.
Fonte: Notícias ao Minuto